Login



Fãs brasileiros criam tributo a Final Fantasy IX PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

No dia 7 de julho fizemos um post sobre o 15º aniversário de Final Fantasy IX e hoje estamos aqui para postar sobre um projeto bem bacanas que os fãs aqui do Brasil estão fazendo para homenagear o jogo!

 

O FFIX 15th Anniversary Brazilian Tribute reune diversos artistas brasileiros que colocaram a mão na massa para fazer ilustrações espetaculares para homenagear este jogo que tanto gostamos.

 

Vocês podem acompanhar o projeto curtindo a página FFIX 15th Anniversary Brazilian Tribute ou então pelo Tumblr http://15anosff9.tumblr.com/

 

Muito talentosa essa galera né? Fica difícil de escolher qual a melhor arte! E não esqueçam que também temos uma galeria aqui na nossa página do Facebook com lindos trabalhos apenas de fãs brasileiros!

 
Final Fantasy X completou 14 anos de lançamento! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

"Listen to my story... This may be our last chance."

 

E o segundo Final Fantasy que completou aniversário neste domingo foi Final Fantasy X que chegou aos seus 14 anos de lançamento! O primeiro Final Fantasy da geração 128 bits carrega consigo uma grande relação de ame ou odeie.

 

Para alguns ele é um dos últimos bons Final Fantasy enquanto que para outros é onde a série começou a se perder de suas origens. Muitas reclamações se dão ao fato de considerarem o jogo extremamente linear e sem muitos objetivos paralelos, enquanto por outro lado muitos consideram uma das histórias mais emocionantes e um dos elencos mais carismáticos.

 

Opiniões e brigas de fanboys a parte, FFX ficou em primeiro lugar em uma votação da conceituada revista japonesa Famitsu sobre qual seria o melhor jogo de todos os tempos. Ele também tem a segunda melhor nota da série no Metacritc - 92, apenas atrás de Final Fantasy IX.

 

Fazer uma breve sinopse de FFX é até complicado uma vez que sua história é uma das mais fantasiosas e inesperadas de toda a série. O protagonista é Tidus - que de repente se vê acordando no fantasioso mundo de Spira. Ele se torna um guardião que deve auxiliar a jovem summoner Yuna a cumprir a sua missão de reunir os summons para parar o terrível SIN, uma entidade que tem como objetivo trazer o fim do mundo. Esta é apenas a ponta do Iceberg em uma história cheia de acontecimentos inesperados e meia-verdades.

 

Final Fantasy X foi também o primeiro Final Fantasy a ter uma sequência direta - Final Fantasy X-2 que logo foi tachado como uma das maiores decepções da série - apesar de ser duramente criticado sem ser corretamente avaliado.

 

Recentemente o jogo foi remasterizado e lançado com a sua sequência como Final Fantasy X/X-2 HD Remaster para PS3, PS4 e PSVITA.

 

Para ver a nossa seção completa do jogo, clique aqui.

 
Final Fantasy IV completou 24 anos de lançamento! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

"Estaria meu coração se tornando negro como a minha armadura?"

 

Neste domingo Final Fantasy IV completou 24 anos de lançamento! Definitivamente ele é um Final Fantasy muito importante - principalmente para nós aqui do outro lado do globo porque o jogo marcou o retorno da série ao ocidente como "Final Fantasy II" - aquela velha confusão de nomes que já estamos acostumados.

 

O jogo é considerado um marco para o mundo dos RPG's de console por ter uma trama muito mais madura e bem elaborada que a dos jogos anteriores, personagens que fugiam de esteriótipos e cada um deles tinha a sua própria motivação - diferente dos "Warriors of Light" genéricos que tinhamos anteriormente.

 

Final Fantasy IV deveria ter sido lançado para o NES mas devido a insistência da Nintendo acabou sendo portado para o SNES, o que gerou um belo upgrade no jogo devido aos 16 bits do então novo console. Hoje FFIV é um dos jogos da série que teve mais relançamentos, estando presente em várias plataformas além de seus Remake para NDS (em 3D) e para PSP com sprites em alta resolução.

 

A trama começa quando Cecil, um cavaleiro negro que comanda a esquadra área de Baron começa a se questionar sobre os atos de seu Rei - como atacar uma vila pacífica e a partir daí muitas reviravoltas inesperadas passam a rodear o futuro do jogador. Cecil se vê traído pelo seu melhor amigo Kain e acaba sugado para uma guerra onde ele consegue aliados inesperados - um dos melhores elencos da série segundo várias análises. Ele também tem que completar uma jornada para deixar de ser cavaleiro negro e se tornar paladino para poder combater o poder das trevas.

 

O jogo também é um dos poucos da série a ter uma sequência direta, Final Fantasy IV: The After Years que se passa 17 anos após a história original.

 

Definitivamente é um Final Fantasy muito importante, despertou novamente o interesse sobre a série depois do não lançamento de FFII e FIII em terras ocidentais e vale lembrar que ele foi o responsável por introduzir o sistema de ATB (Active Time Battle) que tornou-se padrão na série por um longo período.

 Confira a nossa seção completa do jogo clicando aqui.

 
Final Fantasy XV estará presente na GAMESCON 2015 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

E confirmando o que foi prometido pelo diretor do jogo Hajime Tabata, Final Fantasy XV definitivamente estará presente durante o evento GAMESCON 2015.

 

A confirmação não veio através de um anúncio oficial mas sim da declaração do youtuber "NinotakuTV" que foi convidado pela Square Enix para jogar um demo de Final Fantasy XV ao vivo no palco da Gamescon.

 

Isso confirma que o jogo estará presente no evento e com certeza teremos novidades sobre ele uma vez que Tabata prometeu começar a divulgação da versão final do jogo por agora - pulando a E3 2015.

 

Não se sabe se o demo utilizado nesta apresentação será o Episode Duscae 2.0 ou uma nova demonstração que englobe outras regiões do jogo.

 

O jeito é aguardar ansiosamente por mais um mês quando finalmente teremos novidades sobre o jogo.

 
Final Fantasy IX completa 15 anos! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

Tem um Final Fantasy completando a mesma idade da gente aqui da Final Fantasy Brasil - Dia 07 de julho se comemoram os 15 anos do lançamento de Final Fantasy IX!

Este título da série atualmente é um dos mais queridos dos fãs por carregar a essência dos Final Fantasy mais clássicos, diferentemente de FFVII e FFVIII que traziam uma pegada mais futurista. O jogo foi feito em conjunto com o VIII mas ambos são bastante diferentes... Por um certo tempo inclusive muitos fãs ficavam brigando sobre qual jogo da série no PS1 era melhor entre VII e VIII e simplesmente deixavam o IX de lado... Com o passar do tempo o jogo foi conquistando o seu devido valor.

Apesar dos "fanboys" terem torcido um pouco o nariz e preferido o VII e o VIII para a crítica Final Fantasy IX ainda é o jogo da série mais bem avaliado - ostenando uma média 94 no Metacritics. 

Final Fantasy IX trás uma história muito envolvente que mais uma vez começa com o que parece ser um simples conflito entre nações e aos poucos vai se desenrolando em uma história muito mais complexa. O elenco de Final Fantasy IX também é um dos mais criativos e diversificados da série. 

Com muitas pitadas de humor, momentos de ação marcantes (Bahamut x Alexander, como esquecer?) e drama na medida certa, com certeza é um dos jogos com enredo mais bem equilibrados entre os jogos de Final Fantasy.

 
Hiroki Chiba fala sobre World of Final Fantasy PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

Ainda a pouco foi liberado pelo canal Playstation Access uma entrevista do diretor Hiroki Chiba sobre World of Final Fantasy - jogo exclusivo de Playstation 4 e Playstation Vita detalhando alguns pontos do jogo.

 

Vamos dar apenas uma levantada nos pontos mais interessantes da entrevista e deixar um link para a entrevista completa logo mais abaixo

 

- O jogo tem dois protagonistas, Rain e seu irmão mais novo Lon que se aventuram pelas terras de Grimorie.

 

- A série tem tomado um rumo gráfico muito realistas então a idéia foi fugir deste paradigma e ciar um jogo que fosse atrativo também para jogadores mais jovens. O designer da série Crystal Chronicles trabalhou no jogo. Para contrabalancear, trouxeram Nomura para fazer o design dos protagonistas e agradar os jogadores mais velhos.

 

O sistema de batalha do jogo é o ATB, dos jogos anteriores ao décimo episódio da série. Além disso a luta consiste em "capturar" e administrar as suas criaturas e até mesmo combinar o poder delas "empilhando-as" para criar um determinado ataque. Por exemplo, pode-se unir criaturas do atributo Fogo para criar uma Firaga.

 

- O jogo tem cross-save entre PS4 e Vita então você pode continuar sua jogatina de um console no outro. Além disso existe multiplayer - não como um MMO, mas haverão atividades tanto online como localmente para se jogar com os amigos.

 

- O jogo trará músicas especialmente compostas para o episódio além de novas versões de grandes clássicos.

 

- Além das criaturas recorrentes da série que estarão no jogo, também é aguardada a participação de outros personagens conhecidos como Cloud e Warrior of Light.

 

O link para o vídeo da entrevista na íntegra é: https://www.youtube.com/watch?v=dBcf7Mczylo

 
Primeiro filme de Final Fantasy completou 14 anos PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

 

Há 14 anos atrás no dia 2 de julho, estava acontecendo a Premiere de Final Fantasy: The Spirits Within, o primeiro filme da série Final Fantasy para o cinema. Apesar de duramente criticado pela base de fans da série, o filme é um dos marcos de animação do cinema.

 

Em 2001 ele setou um novo padrão de qualidade gráfica para o cinema, sendo alcançado apenas em 2009 por Avatar. Os gráficos eram tão perfeitos para sua época que se passou a estudar a possibilidade de atores virtuais - como Aki - a protagonista, substituírem atores reais em certos filmes no cinema.

 

Porém, o filme foi um investimento milionário que acabou não se pagando. A Square investiu pouco mais de 137 milhões de dólares no filme - que arrecadou apenas 85 milhões, deixando um enorme prejuízo, além de ter causado a falência da Square Pictures que havia sido criada apenas para fazer o filme.

 

Duramente criticado por não trazer elementos conhecidos da série, o filme é a primeira e única interação da série a se passar no nosso planeta Terra - em um futuro muito distante onde a humanidade foi arrasada por uma ameaça alienígena batizada de "Fantasmas". Acompanhamos a trajetória da cientista Aki Ross, que busca sinais de vida na Terra para coletar os seus espíritos que combinados poderiam derrotar os Fantasmas. Ela acaba se envolvendo em uma corrida contra o tempo pois uma conspiração militar pode acabar trazendo o fim do planeta.

 

O roteiro criado pelo próprio Hironobu Sakaguchi foi uma forma de honrar a morte a sua mãe Aki e é uma reflexão do próprio Sakaguchi sobre a vida após a morte. A teoria de Gaia foi baseada nisto, pois Sakaguchi chegou a conclusão que nosso espírito vem a Terra para evoluir e depois de nossa morte voltamos ao centro do planeta e entregamos esta experiência a "Gaia" - o espírito do planeta. Depois o espírito renasce e volta a Terra e o ciclo continua, sempre trazendo a evolução de Gaia - e do planeta.

 

Apesar do fracasso comercial o filme tornou-se referência para diversas obras no cinema e e jogos - Como a série Mass Effect que o próprio diretor do jogo o citou. A protagonista Aki era tão realista que tornou-se a primeira personagem virtual a participar da lista das Mulheres mais Sexy do Mundo. Desde o começo da produção nunca foi cogitado fazer um jogo baseado no filme porque segundo Sakaguchi não existia nenhum console na época com capacidade gráfica para fazer algo próximo ao filme e a diferença gráfica seria gritante demais - estávamos na época do Playstation 2.

 
Final Fantasy Tactics completa 18 anos! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leonardo Cruz   

Uma grande heresia que cometemos foi não comentar que neste último sábado um dos jogos mais diferenciados da série, Final Fantasy Tactics, completou o seu aniversário de 18 anos!

 

Lançado originalmente em 20 de junho de 1997 - mesmo ano do lançamento de Final Fantasy VII, para o Playstation o jogo foi primeiro da série a adotar o gênero de RPG Estratégico, bem diferente do adotado normalmente pela série. O jogo lembra bastante a série Ogre mas isto está totalmente ligado ao fato de que o jogo foi feito basicamente pela mesma equipe - inclusive foi o primeiro jogo de Yasumi Matsuno pela Squaresoft após sair da Quest.

 

Tactics é o jogo que apresenta aos jogadores o universo de Ivallice que depois foi utilizado em outros jogos como Vagrant Story e Final Fantasy XII e te coloca no papel do jovem Ramza, que se vê envolvido em uma grande guerra pelo trono chamada War of the Lions. Ramza acaba descobrindo depois uma enorme trama por de trás dos panos. Uma curiosidade também é que os personagens Cloud e Aeris de FFVII fazem uma pequena participação no jogo.

 

Considerado por muitos uma das melhores histórias dentro da série Final Fantasy, Tactics carrega o carinho de uma enorme parte da fanbase. O jogo já foi relançado para diversas plataformas estando disponível para PS1, PSP, PS3 (PS1 Classics), iOS e Android.

 

Confira a nossa seção completa sobre o jogo clicando aqui.

 


Leia + Notícias